Como cuidar dos cabelos ondulados - definitivamente!

Compartilhar
Como cuidar dos cabelos ondulados - definitivamente!

Alô onduladas(os) de plantão! Ou para quem, ainda está na dúvida se possui fiozinhos ondulados… esse post é para você! Afinal, apesar de lindos, ter esses cabelo pode ser um desafios, já que os fios não são nem lisos e nem cacheados - e a falta de definição dá bastante trabalho.

Mas, juntinho com a possível "sofrência", andam pontos positivos que só esse tipo de cabelo tem! O fato de não estar nem lá (do lado dos cachos) e nem cá (do lado dos lisos) é razão também para dar pulos de alegria! Afinal, quando seus cabelos recebem o que precisam, eles são simplesmente incríveis e em qualquer ocasião!

Como saber se o meu cabelo é ondulado?

Pode acreditar, muitas pessoas só descobrem que tem cabelo ondulado depois dos 30! Isso porque nem sempre é simples. Muitas vezes, as ondas são tão sutis que é fácil confundir com um liso com personalidade própria. Em outras, as ondas são quase cachos. E, se bobear, você trata as mechas como cacheadas mesmo - nunca conseguindo exatamente o efeito desejado.

A dica para se (re)descobrir é perceber se seu cabelo tem ondas com curvatura S, podendo ser em toda a extensão dos fios (com raiz lisa) ou de forma mais suave no comprimento ou pontas.

Neste último caso, aliás, ele perde a curvatura com muita facilidade! E tem ainda uma ondulação que é definida como pré-cachos; dependendo da finalização surgem cachos abertos, com ondas que se iniciam na raiz e são bem marcadas até as pontas.

Tenho ondas! E agora, como cuidar dos cabelos ondulados?

Considere-se dona(o) de um cabelo com versatilidade! Você pode sim deixar os fios mais retos e alinhados ou estimular essa imensidão de ondas para que elas apareçam e permaneçam! A escolha é sua. Porém, independentemente dela, é preciso entender quais são os cuidados necessários para o seu cabelo.

Como cuidar dos cabelos ondulados

Mulher loira com cabelos ondulados

Como qualquer outro tipo de cabelo, o ondulado deve ser tratado de forma muito especial para valorizar sua textura natural. E isso vale desde a lavagem até a finalização. Além disso, entram aqui a hidratação, corte, penteados e cuidados diários - olha só!

Na hora da lavagem

Cabelos com textura ondulada podem acumular oleosidade com mais facilidade, então o ideal é não passar muito tempo sem lavar o cabelo. Por isso, lavar a cabeça três vezes na semana, em dias alternados, pode ser a melhor saída. E sim, você pode e deve apostar em produtos limpam o couro cabeludo sem ressecar as pontas (shampoos low poo, por exemplo).

Hidrate, sempre e pra sempre

Como falamos logo ali em cima, o ondulado une uma característica marcante do liso (raíz oleosa) e uma marcante do cacheado (pontas secas). Primeiramente, procure não apenas higienizar bem a cabeleira quando lavar, mas também hidratá-la. E na hora de fazer a hidratação, tente optar por máscaras mais leves para que os fios não acabem pesados. A regrinha é essa: não dá para usar tantos óleos, como acontece com os cabelos crespos e cacheados. Mas, não adianta usar produtos muito neutros, porque o fio fica ressecado.

Escova no cabelo ondulado seco? NUNCA!

Assim como o cacheado, cabelos ondulados não podem ser escovados a seco. Isso muitas vezes isso gera um volume instantâneo e além da conta. A dica, portanto, é tirar os nós com eles molhados ou úmidos e, a partir do momento em que os fios estiverem secando, usar apenas as mãos para amassar as ondas de baixo para cima.

Não mexa muito no seu cabelo

Mexer demais em cabelo ondulado é pedir para as ondas ficarem murchas e sem forma. Tente não passar demais a mão nele, especialmente na franja que tende a ser mais lisa.

Finalize, por favor

Os cabelos ondulados pedem por um "algo mais" depois da lavagem sabe? Isso quer dizer que, sim, é preciso fazer alguma finalização. Você pode escolher fazer uma escova e tê-los mais lisos, ou pode querer ver as ondas ganhando mais corpo. Se ficar com a primeira opção, os especialistas são unânimes ao recomendar produtos que protejam seu fio do calor do secador ou da chapinha.

Se optar por deixar ondular, a boa notícia é que isso é quase que "deixar ao natural". Você pode usar um creme de pentear sim, desde que seja mais leve e de textura fluida para que o cabelo não fique sem movimento. Dentre as técnicas de finalização, a fitagem tradicional (que é bastante usada nos cacheados) é a mais indicada para que as ondas fiquem bem definidas: é só passar o creme de finalização mecha a mecha, puxando suavemente com os dedos para as pontas.

Se preferir, uma boa dica é apostar em shampoos e condicionadores próprios para o seu tipo de cabelo (que higienizam e hidratam sem necessidade de outros produtinhos além), enxaguar bem, desembaraçar e ser feliz! Ao natural mesmo, sem regras, sem padrão, sem neuras. Cada dia será marcado por um movimento único do seu cabelo.

Day after:

O dia seguinte dos cabelos ondulados nem sempre são fáceis, e tudo bem! Você pode tentar amenizar a ressaca de frizz apostando trocando sua fronha tradicional por uma de cetim - isso reduz o atrito dos fios no tecido e ajuda demais no day after. E, se os fios acordarem meio sem jeito, uma sugestão é borrifar água para revitalizar as áreas que precisam de uma mãozinha; vale colocar um pouco de condicionador ou leave-in, mas sem exagerar na quantidade para que as madeixas não pesem e percam as ondas de vez!

E você, tem alguma dica para cuidar melhor dos cabelos ondulados? Conta pra gente!

Descubra como fazer para dar brilho no cabelo

Descubra como fazer para dar brilho no cabelo

5 dicas para um cuidado (QUE FAZ A DIFERENÇA!) com seu cabelo

5 dicas para um cuidado (QUE FAZ A DIFERENÇA!) com seu cabelo

Comentários

Os comentários são moderados

Empty content. Please select article to preview

Personalize seu Tratamento