index

Faça o Teste e
Descubra o Kit Ideal
para Você

Aprenda de uma vez por todas como evitar a oleosidade no cabelo!

Aprenda de uma vez por todas como evitar a oleosidade no cabelo!

Você sofre com a oleosidade no cabelo? Se sim, sabe como é complicado tratar ou evitar que eles fiquem com uma aparência opaca, pesada e até suja, né? Mas calma, hoje nós vamos te mostrar diversas formas eficazes para evitar a oleosidade dos fios.

Porém, para começar, você precisa entender que a oleosidade não é algo ruim quando ela está em uma quantidade normal em nosso cabelo. Afinal, este óleo é produzido por nosso couro cabeludo e sua finalidade é proteger os fios, evitando a perda de água e nutrientes e evitando que a fibra capilar sofra danos de agentes externos. Consequentemente, ele ajuda a manter o cabelo sem ressecamento, quebra, frizz e outros problemas.

No entanto, quando este óleo está presente em excesso - o que acontece com frequência em fios lisos -, além de passar uma aparência ruim, pode ocasionar diversas complicações como dermatites, caspa e até queda de cabelo.

Quer saber como evitá-la? A gente te mostra!

Principais causas do aumento da oleosidade no cabelo

Diversas são as causas para o excesso de oleosidade no cabelo. Primeiro, temos as questões fisiológicas e alterações hormonais, que levam nossas glândulas a produzirem um maior nível de sebo. Depois disso, temos fatores externos como:

  • Uso de secador em temperaturas elevadas e próximo da raiz;
  • Banho muito quente;
  • Uso de fronhas de algodão (absorvem a umidade dos fios);
  • Cabelos danificados nas pontas (estes danos impedem que o óleo chegue na ponta do fio e este fica acumulado na raiz);
  • Alimentação com muita gordura;
  • Escova progressiva;
  • Cosméticos não compatíveis com o tipo do cabelo e o uso exagerado de cremes e condicionadores.

    Importante: outro fator que aumenta a oleosidade dos fios é a constante exposição à umidade excessiva ou vapores de gordura. Por isso, é muito comum pessoas que trabalham, por exemplo, em cozinhas ou oficinas mecânica lidarem com esse tipo de problema.

    Liberte-se da oleosidade no cabelo em excesso

    Agora que te contamos o que causa a oleosidade no cabelo de forma excessiva, vamos te indicar alguns cuidados para que você consiga se libertar desse problema e exibir fios lindos e zero oleosos, fique atenta.

    Lave o cabelo na dose certa

    Se você tem os fios oleosos, não pode se descuidar da lavagem! Afinal, lavar pouco aumenta a oleosidade, mas lavar em exagero pode ter o mesmo efeito.

    O apropriado é lavar os cabelos em dias alternados, pois isso contribui para a eliminação da oleosidade na medida certa! Caso contrário, nossa glândulas sebáceas ficarão ainda mais estimuladas a produzir esse óleo.

    Mas é claro que isso é uma recomendação. Cada cabelo é único e você pode testar e encontrar qual a melhor frequência de lavagem para você.

    Use shampoo especifico para cabelos oleosos

    Seja para eliminar a oleosidade no cabelo ou não, o apropriado é sempre usar o shampoo ideal para o seu tipo de cabelo!

    No caso dos shampoos para cabelos oleosos, há todo um estudo por trás para desenvolver esse produto e eles tendem a ser os melhores para este tipo de fio. Isso porque eles possuem tensoativos especiais para este tipo de cabelo. 

    No entanto, é importante ressaltar que da mesma forma que o tensoativo remove a oleosidade dos fios, também acaba “limpando” a gordura natural que mantém a hidratação dos fios. Essa gordura natural, formada por ceramidas, ácidos graxos e colesterol age como uma barreira, retendo a água. Assim, ao removê-los, o couro cabeludo acaba ficando ressecado.

    Diminua o sulfato em seu dia a dia

    Mulher no chuveiro retirando a oleosidade no cabelo

    Nos últimos anos, cresceu o número de pessoas que defendem o uso de produtos naturais para cuidar da pele e dos cabelos.

    Isso porque, a princípio, a ação detergente do sulfato presente em shampoos comuns pode ajudar a reduzir a oleosidade dos cabelos. Porém, essa limpeza agressiva a médio/longo prazo é muito mais prejudicial do que benéfica, pois pode levar o cabelo ao ressecamento, aumento de frizz, quebra, entre outros problemas capilares.

    Além disso, o sulfato também pode causar o efeito rebote. Ou seja, ao remover todo o óleo dos fios, o couro cabeludo entende que precisa produzir mais sebo para compensar e, com isso, a oleosidade no cabelo se torna ainda maior do que antes.

    Atualmente, há algumas alternativas de shampoos sem sulfato, que usam tensoativos detergentes naturais capazes de limpar profundamente os fios, inclusive os oleosos, mantendo a oleosidade equilibrada de uma forma não agressiva.

    Não tome banhos muito quentes

    A água quente causa um maior ressecamento da pele e couro cabeludo, o que acaba estimulando nossas glândulas sebáceas a produzirem mais oleosidade.

    Por isso, o adequado é tomar banho na água morna, ou o mais próximo de fria que conseguir, para evitar esse efeito. E não adianta tomar banho no quente e depois finalizar com um jato frio, pois a glândula já foi estimulada a produzir mais óleo, só o jato frio não consegue reverter esse estímulo.

    Não abuse no condicionador e máscara hidratante

    Abusar desses produtos pode ser também uma das causas da oleosidade no cabelo de forma excessiva.

    Quem tem cabelo curto pode até dispensar o uso do condicionador. Porém, quem tem cabelos longos o indicado é usar o produto apenas nas pontas.

    A verdade é que todos os fios, independente do tipo, necessitam de uma boa hidratação de vez em quando. Mas é importante lembrar que nesse tratamento, a máscara hidratante deve ser aplicada apenas no comprimento e pontas dos cabelos - evitando a raiz - ao menos uma vez por semana ou, até mesmo, quinzenalmente dependendo do cabelo.

    Aliás, também é possível achar no mercado condicionadores em forma de gel, que podem ser muito úteis para quem tem os cabelos oleosos, já que a fórmula dos cremes é naturalmente mais oleosa.

    Use shampoos antirresíduos com cuidado

    Os shampoos antirresíduos, se aplicados com cautela, podem ajudar a reduzir a oleosidade dos cabelos.

    Isso porque os condicionantes presentes nos shampoos e condicionadores possuem carga elétrica positiva e, quando são aplicados nos cabelos, ficam aderidos aos fios por meio de atração eletrostática. Ao neutralizarem a carga elétrica na superfície dos fios, o cabelo fica condicionado e fácil de pentear.

    Porém, esses produtos começam a se acumular nos fios provocando um aspecto pesado e compacto. As pessoas com cabelos oleosos já tem um acúmulo natural de óleo nos fios e quando este óleo se associa ao acumulo de resíduos, a oleosidade no cabelo acaba aumentando.

    Nessa hora que entra o shampoo antirresíduos, pois ele é um produto com uma carga negativa muito grande e capaz de remover o acúmulo de agentes condicionantes dos fios, além de tirar o excesso de oleosidade.

    O ideal é utilizar o shampoo antirresíduos apenas uma vez por semana e usar um shampoo mais saudável nas outras lavagens. Também é importante esclarecer que ele pode ressecar o cabelo por conter tensoativos agressivos e acabar removendo um pouco da tinta dos cabelos de quem passa por alguma coloração, justamente por ter um alto teor de limpeza. Então é importante se atentar, ok?

    Cuidado com os cremes sem enxágue

    Uma outra causa da oleosidade no cabelo são os resíduos de produtos que ficam nos fios e podem gerar a proliferação de fungos, aumentando a quantidade de sebo na área.

    Quando usados em excesso e de forma incorreta, os cremes sem enxágue geram alguns destes resíduos que podem tapar os poros de saída das glândulas na região do couro cabeludo e, quando não são retirados corretamente, podem ocasionar um quadro de dermatite.

    Além do mais, isso pode fazer com que as glândulas que não estão tampadas produzam mais óleo para suprir a ausência das demais, o que aumenta a oleosidade.

    Por isso, o uso de cremes sem enxague deve ser feito apenas nas pontas e comprimento dos fios. Além disso, aposte sempre em produtos sem enxágue mais suaves, como os leave-ins, que possuem textura mais leve e fluida, e não pesam ao serem aplicados nos cabelos.

    Aposte no shampoo a seco em dias de correria

    O shampoo a seco é uma espécie de talco que ajuda a remover o excesso de oleosidade no cabelo e, por isso, é o melhor aliado de quem tem cabelo oleoso.

    O ativo deste produto é o amido de alumínio, que absorve a oleosidade e melhora o brilho do cabelo. Entretanto é importante lembrar que, de forma alguma, ele substitui uma lavagem já que não remove a sujeira!

    Mas é preciso atenção, ele só deve ser utilizado em compromissos de última hora, hein. Afinal, usar este tipo de produto frequentemente também gera resíduos que podem tapar a saída dos poros de oleosidade, piorando o quadro da mesma forma.

    Para acabar com a oleosidade no cabelo de forma saudável, a dica é apostar em produtos específicos para o seu tipo de cabelo ou personalizados para suas necessidades. Afinal, somente um produto feito especialmente para as características dos seus fios pode oferecer o melhor resultado e, assim, acabar com a oleosidade excessiva.

    Faça sua fórmula personalizada e vivencie a experiência única que nossos produtos podem proporcionar aos seus cabelos.

    ×
    chatsimple