Cronograma capilar - descubra se é preciso e como fazer o seu

Compartilhar
Cronograma capilar - descubra se é preciso e como fazer o seu

Como fazer um cronograma capilar? Você já deve ter ouvido falar desse termo "da moda", ou, quem sabe, até já se arriscou a montar um cronograma pra você? Ótimo! De qualquer jeito, nossa função aqui é dizer que você não precisa necessariamente seguir um cronograma! Frustrante? Pode ser, mas é verdade! O cronograma foi feito para "corrigir" problemas nos fios, melhorar a saúde deles. Então, se você já tem um cabelo saudável (e isso é o ideal, certo?), não existe motivo para aderir ao modismo.

No entanto, se você sente que seu cabelo ainda não está saudável e hidratado o suficiente para apenas manter a saúde dele, sim, fazer um cronograma pode ser bem legal! E a gente vai te explicar como isso pode funcionar, de forma fácil e prática, ok? Afinal, para quem deseja madeixas reparadas, se prepara, pois esse tem sido o maior aliado da mulherada!

Mas o que é um CRONOGRAMA CAPILAR?

O cronograma capilar alterna tratamentos capilares de hidratação, nutrição e reconstrução, de acordo com a necessidade de cada mulher. O processo é feito ao longo de algumas semanas e busca suprir todas as necessidades da fibra capilar, resultando em cabelos reconstruídos, com umidade equilibrada e todos os nutrientes essenciais para a saúde.

Itens para um cronograma capilar

Você vai precisar de alguns itens para o cronograma capilar, como: uma máscara de hidratação, um óleo vegetal ou máscara de nutrição, e uma queratina líquida. No primeiro mês, o mais indicado é o cronograma capilar padrão ou também conhecido como oficial.

Quando você começar a distinguir de qual tratamento o seu cabelo mais gostou, você pode montar um cronograma específico para você, mas lembrando de passar pelas três etapas fundamentais, hidratação, nutrição e reconstrução.

O cronograma capilar oficial

Mulher no banheiro fazendo cronograma capilar

O cronograma capilar oficial é composto por 8 hidratações mensais, 3 nutrições e uma reconstrução. Cada processo é realizado em dias alternados. Lembrando que deve ser respeitado um intervalo de 48 horas entre cada procedimento.

Etapa de hidratação

Deixará seu cabelo mais macio, com balanço e sedoso. Você pode realizar a hidratação apenas com a máscara, mas também pode potencializar com ativos.

Etapa da nutrição

Na etapa de nutrição ou também nomeada de umectação, seu cabelo ficará sem frizz, sem volume, sem pontas duplas e sem ressecamento. Além disso, também será possível perceber o realce do brilho dos cabelos. aqui, você vai precisar escolher um óleo vegetal (existem vários tipos de óleos para cada momento e necessidade) e fazer o passo a passo:

1. coloque uma colher de óleo de coco em um potinho e esquente 2 minutos no micro-ondas ou forno. 2. com o cabelo seco e semisujo, aplique um pouco de óleo mecha por mecha, sem chegar muito perto da raiz. 3. deixe o produto agir por 2 horas no cabelo e depois é só lavar bem.

Etapa de reconstrução

Na última, mas não menos importante, trabalha-se a reposição da massa, aminoácidos, queratina, entre outros nutrientes - e por isso você precisa escolher produtos que contenham esses ativos . Deixando os cabelos fortes e sem aqueles pontos brancos nos fios. Mas atenção, não faça uso dessa etapa em excesso, pois o uso da queratina demasiadamente leva a quebra dos fios. O ideal é obedecer a um intervalo de 15 ou 30 dias, e sempre realizar depois da etapa de hidratação ou nutrição. Essa é a etapa mais potente de todo o processo, pois trata a fibra capilar de dentro para fora.

*
Pronta para cuidar do seu cabelo? Veja este artigo que te ajuda a escolher as melhores máscaras para cada etapa do cronograma capilar!

5 dicas para dar mais vida aos cabelos

5 dicas para dar mais vida aos cabelos

Tipos de Shampoo: você conhece os principais?

Tipos de Shampoo: você conhece os principais?

Comentários

Os comentários são moderados

Empty content. Please select article to preview

Personalize seu Tratamento