Alergia a trigo: além da alimentação

Compartilhar
Alergia a trigo: além da alimentação

Se você possui alguma alergia, sabe como ela pode ser chata e inconveniente. A alergia a trigo é uma delas, e pode ser bastante incômoda em nosso dia a dia. Mas não se preocupe, é possível conviver e encontrar opções para lidar com ela. 

Alergia a trigo X Doença celíaca 

É comum que a alergia a trigo seja confundida com a doença Celíaca, mas relaxa, vamos te explicar a diferença entre elas. 

Alergia a trigo

A alergia a trigo é comum em bebês e crianças, e não possui cura, porém vai desaparecendo conforme a pessoa que apresenta essa condição vai se tornando adulta. Mas, atenção: não é porque é comum em bebês e crianças que a doença não possa aparecer na fase adulta! 

Ela pode ser desencadeada não só pela ingestão de alimentos que contenham trigo, mas a inalação de farinha também pode causar reações alérgicas. Nesse ponto, ela se assemelha a alergia a frutos do mar, pois provoca: 

  • Irritação e coceira da pele; 
  • Dor de cabeça;
  • Inchaço na boca e garganta. 

Pode afetar o sistema respiratório, pele e intestino.É importante ressaltar que todas as reações são imediatas; logo após o consumo e/ou inalação do trigo.

Há quem acredite que alérgicos ao trigo não podem consumir glúten, mas isso não é uma verdade. Dessa forma é possível consumir alimentos como: trigo sarraceno, aveia, cevada,cereais e centeio.

Doença celíaca

Quando falamos sobre os celíacos, o glúten se torna o vilão. Sendo assim, todos os alimentos que citamos logo ali em cima, permitidos para quem possui alergia a trigo,são extremamente proibidos aqui. 

Essa doença é autoimune, e geralmente é diagnosticada nos primeiros 3 anos de vida, quando os cereais são introduzidos na dieta das crianças. Mas, assim como a alergia, isso não é uma regra! Há pessoas que descobrem somente na fase adulta. 

As reações podem ser diversas:

  • Diarreia;
  • Ânsia de vômito;
  • Irritabilidade;
  • Perda de peso;
  • Lesões na pele;
  • Queda de cabelo.

Nesse caso, a dieta tem que ser “zero glúten”. Imaginamos que, por muito tempo, deve ter sido difícil para os celíacos encontrar alimentos para a substituição, mas hoje já existem vários produtos para montar sua dieta sem glúten.

Cuidado além da alimentação! 

Trigo e cosméticos

Para quem possui alergia a trigo 

Quem é alérgica(o) a trigo, realmente não pode ter contato com esse componente, seja através da alimentação ou cosméticos. Por isso, é importante ficar de olho nas embalagens dos produtos que consome. 

Se está usa um tratamento exclusivo e personalizado para as suas necessidades, informe a empresa que é alérgica(o), assim o ingrediente não será usado em sua fórmula. 

Para os celíacos 

A reação acontece somente com a ingestão de glúten, então,  não é recomendado o uso de alguns produtos que podem ser ingeridos: pasta de dente, batons etc. 

Já quando pensamos em loções, shampoos, creme de barbear e maquiagem, o uso pode ser feito tranquilamente.

Quais produtos comprar? 

O mais indicado são as fórmulas personalizadas, isso porque além de cuidar do que você precisa de verdade, você pode pedir para que determinado componente não seja inserido. 

Viu só como há opções para enfrentar tudo isso com leveza?

Por que a reutilização de embalagens deve ser uma responsabilidade compartilhada?

Por que a reutilização de embalagens deve ser uma responsabilidade compartilhada?

Alimentos para a ansiedade - como eles podem te ajudar?

Alimentos para a ansiedade - como eles podem te ajudar?

Comentários

Os comentários são moderados

Empty content. Please select article to preview

Personalize seu Tratamento