Reposição lipídica: entenda como ela pode influenciar seus fios

Compartilhar
Reposição lipídica: entenda como ela pode influenciar seus fios

Você já ouviu falar sobre a reposição lipídica? Ela acontece de forma natural em nosso couro cabeludo e tem funções importantes, ligadas à saúde de nossos fios. Vamos descobrir juntos como ela acontece e quais as consequências que nos traz?

O que é reposição lipídica?

Antes de falar sobre reposição, precisamos entender sobre os lipídios que fazem parte do nosso couro cabeludo. Eles são produzidos através das glândulas sebáceas, que produzem: 

  • Ácidos graxos; 
  • Esqualeno;
  • Colesterol;
  • Triglicerídeos. 

A função desses lipídios é manter o cabelo macio, brilhante, flexível, além de impermeabilizá-lo. 

Por sermos únicos, cada couro cabeludo age de uma forma, o que resulta em oleosidade ou ressecamento, olha só: 

Cabelos normais

Os fios são brilhantes, macios e maleáveis. As glândulas sebáceas liberam oleosidade suficientemente para que a raiz não fique oleosa e as pontas se mantenham hidratadas e nutridas. 

Cabelos secos 

Nesse caso, as glândulas sebáceas produzem menos lipídios do que o esperado, o que resulta em cabelos quebradiços, opacos e sem vida.

As cutículas dos fios são abertas, o que os torna porosos e mais fracos frente aos outros tipos de fios. 

Procedimentos químicos, uso de chapinhas, babyliss e secador de cabelo, danificam ainda mais a estrutura desse fio. 

Cabelos oleosos 

Aqui acontece justamente o inverso do caso anterior, as glândulas responsáveis pelos lipídios o produzem em excesso. Dessa forma,  os fios ficam engordurados, pesados e sem volume.

Como fazer a reposição lipídica?

Mulher no banho fazendo umectação e reposição lipídica no cabelo

Caso seu cabelo seja seco, é recomendado que você busque formas para que essa reposição aconteça, além de evitar o uso de agentes externos que como já citamos, danificam e tornam os fios ainda mais fracos. 

Umectação 

Se falta graxos em seus fios, uma excelente forma de repô-los é justamente com óleos… vegetais! Esses produtinhos naturais são capazes de nutrir os fios, hidratá-los e devolver a vida a eles.

O óleo mais famoso e queridinho é o óleo de coco, e não é para menos: ele tem efeitos incríveis para os cabelos, tanto que faz parte da nossa seleção de ingredientes naturais que podem compor sua fórmula. 

Mas, além dele, você pode escolher outros óleos para fazer a umectação dos seus fios, os mais recomendados são: 

  • Óleo de amêndoa;
  • Óleo de rícino;
  • Óleo de oliva.

 Claro que há vários outros que podem ser utilizados, o importante é escolher um que realmente penetre o fio. 

Como fazer a umectação? 

O passo a passo desse processo é bem simples e o único ingrediente necessário é o óleo vegetal, então, depois de escolher qual usará basta seguir esse passo a passo: 

  1. Separe o cabelo em partes, para facilitar a aplicação;
  2. Aplique o óleo da raiz até as pontas;
  3. Massageie bem o couro cabeludo; 
  4. Permaneça com a umectação por, pelo menos, 2 horas (se possível durma com ela);
  5. Lave bem o cabelo com shampoo até retirar totalmente o óleo;
  6. Passe condicionador e finalize como de costume. 

De um tchau para os vilões! 

Há componentes que fazem mal para todos os cabelos e pioram o ressecamento e a oleosidade. Se você nos acompanha no blog a algum tempo já imagina de quem estamos falando, não é? Sulfatos e parabenos! 

Os sulfatos são detergentes populares, comumente usados em cosméticos justamente por conta do preço acessível. Sabe aquela espuma do shampoo? Os sulfatos são os responsáveis por isso, e juntamente com a espuma leva toda sua proteção lipídica embora.

Como isso afeta os cabelos secos 

Você pode imaginar que esses shampoos são o terror dos fios que tem carência de lipídios, pois retiram o pouco de proteção que as glândulas sebáceas produzem.

Além de tudo que já foi citado, ele pode causar a queda dos fios, justamente por contribuir com a quebra e fragilidade que esse tipo de cabelo possui.

E os oleosos?

Se os cabelos oleosos têm excesso dessa camada lipídica, os shampoos com sulfatos podem ajudar a mandá-la embora, certo? Errado! Calma… olha só como acontece: 

Quando você retira toda a oleosidade do seu cabelo, as glândulas sebáceas entendem que seu couro cabeludo está desprotegido e por isso produzem mais ainda. 

Esse é o efeito rebote! Quanto mais oleosidade você retirar, mais terá.

Aposte em produtos premium!

Shampoo personalizado para cabelo em uma bancada com água

Sabemos que  essa situação pode parecer desesperadora, afinal, é necessário lavar os cabelos. Fique tranquila(o), há excelentes alternativas, como os produtos premium, que substituem os sulfatos e parabenos por ingredientes nobres. Aqui na JustForYou, nós criamos a Espuma Natural, que limpa sem agredir!  

Ah… além disso, os produtos personalizados são de longe, a melhor opção, pois conseguem tratar especificamente o que seu cabelo precisa.

Silicone para cabelos: vilões ou mocinhos?

Silicone para cabelos: vilões ou mocinhos?

Cabelo ressecado: como recuperar esses fios?

Cabelo ressecado: como recuperar esses fios?

Comentários

Os comentários são moderados

Empty content. Please select article to preview

Personalize seu Tratamento