Cabelo depois do câncer: como tratar fios finos e ralos

Compartilhar
Cabelo depois do câncer: como tratar fios finos e ralos

Muito se fala sobre a queda de cabelo decorrente da quimioterapia no tratamento do câncer. E não é para menos: essa perda afeta a autoestima - especialmente da mulher - em um momento em que o emocional já está fragilizado por conta da doença. Mas hoje viemos falar do cabelo depois do câncer.

Afinal, não podemos esquecer que a perda dos fios é temporária - em geral, é possível notar o início do crescimento capilar de 2 a 3 meses após a finalização do tratamento quimioterápico.

Esses fios novos tendem a ser mais frágeis e podem ter uma textura diferente da anterior e por isso, necessitam de cuidados especiais para crescerem fortes e saudáveis. Vamos conhecer este cuidados?

Como a quimioterapia afeta os fios

Antes de falarmos sobre como tratar o cabelo depois do câncer, é importante entendermos como a quimioterapia afeta os fios.

Os medicamentos utilizados na quimioterapia tem como função agir sobre células cancerosas que se dividem rapidamente, eliminando-as para evitar o avanço da doença. A questão é que estas substâncias também afetam outras células de rápida proliferação do nosso corpo, como os folículos pilosos, responsáveis pelo crescimento de pelos e cabelos. Ao agir nestas células, os quimioterápicos causam fragilidade, quebra e a queda dos fios.

Geralmente, a queda de cabelo tem início de 14 a 21 dias após a primeira sessão de quimioterapia.

O crescimento do cabelo depois do câncer

Mas como dissemos no início deste post, a perda dos fios é passageira e de 2 a 3 meses, eles começam a nascer novamente.

Mas você sabia que os fios novos podem ter uma estrutura totalmente diferente dos anteriores? É comum que eles tenham mudança na curvatura, espessura e até mesmo na cor.

Isso também acontece pela ação dos quimioterápicos no organismo. A textura e formato dos fios se dá pela distribuição de queratina na haste capilar. Quando acontece uma ruptura na divisão celular dos folículos pilosos, essa distribuição é alterada e uma nova estrutura capilar vai se formar e ela pode ou não ser igual ao cabelo anterior.

Cuidados com o cabelo depois do câncer

Durante o tratamento quimioterápico, alguns cuidados devem ser tomados a fim de preservar a saúde do couro cabeludo, como a higienização com shampoos não agressivos, o uso de chapéus e lenços para protegê-lo da exposição solar e o uso de suplementos via oral para fornecer nutrientes aos fios.

Após o fim do tratamento, uma das principais queixas é que os fios podem nascer finos e ralos, fragilizados mesmo. Por isso, eles necessitam de cuidados especiais e atenção no uso de produtos. Veja alguns cuidados que podem minimizar o problema e ajudar os cabelos a crescerem fortes e saudáveis.

Evite tinturas e alisamentos

Como dissemos, o cabelo depois do câncer pode nascer mais fragilizado, muitas vezes ralo e fino, por isso, não é aconselhável realizar nenhum tipo de procedimento químico nos fios nesta fase.

Evite tinturas e alisamentos, pois estes procedimentos alteram a estrutura capilar danificando o fio. Dê um tempo para que o seu cabelo cresça com força e aproveite o período para se acostumar com a nova textura dos fios. Uma vez bem recuperado e saudável, você poderá voltar as fazer as químicas que desejar.

Evite o uso de shampoos agressivos

Shampoo personalizado sem sulfato

Nesta fase é bom evitar tudo que possa agredir o couro cabeludo e os fios.

Portanto, evite produtos que fazem uma limpeza agressiva, como os shampoos com sulfato. Essa substância é um detergente de limpeza profunda muito comum em cosméticos capilares. O problema do sulfato é que ao limpar, ele retira, além da sujeira, a proteção natural do couro cabeludo e fios, deixando-os mais fragilizados.

Hoje, já existem shampoos sem sulfato e com alto poder de limpeza, sem agredir seu cabelo e sua saúde. Dê preferência a estes produtos. Ah! e não lave o cabelo com água quente, pois a temperatura alta também danifica os fios.

Escove com delicadeza

Cabelos finos e ralos necessitam de ainda mais cuidado no seu manuseio. É importante escovar com delicadeza, pois estes fios podem quebrar com facilidade. Escolha escovas com hastes mais espaçadas e sem aquelas “bolinhas” nas pontas, pois elas podem enroscar nos fios e quebrá-los.

Por hora, também é legal evita o uso de secador e modeladores térmicos, pois o calor excessivo pode prejudicar ainda mais os fios.

Faça hidratações regulares

A ideia nesta fase é investir em tratamentos para fornecer os nutrientes que o cabelo necessita para se fortalecer e crescer mais saudável.

Por isso, é importante realizar hidratações regulares, 1 vez por semana, com uma máscara hidratante capaz de repor água e nutrientes nos fios.

Dica: evite o uso de máscaras com silicones, pois eles podem até deixar o cabelo bonito por fora, mas criam uma película no fio que impede que os nutrientes penetrem, o que é péssimo para a saúde capilar. Prefira máscaras ricas em óleos vegetais, que são naturais, nutrem e trazem uma beleza real para os fios.

Use produtos com proteção solar

Da mesma forma que é preciso proteger o couro cabeludo do sol na fase em que se está sem cabelo, também é importante proteger os fios da exposição solar.

Para isso, use um finalizador com proteção UVA e UVB no cabelo. Isso ajudará a minimizar a perda de água e nutrientes dos fios causada pelo sol.

Priorize tratamentos naturais

Nesta fase de adaptação e crescimento do cabelo depois do câncer, quanto mais natural for o tratamento, melhor. Afinal, o uso de substâncias químicas pode danificar ainda mais fios finos e ralos.

Existem muitos ingredientes naturais que podem auxiliar nesta fase. Aqui na JustForYou, muitos deles estão presentes nas nossas fórmulas.

Por exemplo, o Prelliance é um ativo biotecnológico extraído da semente de quinoa e que regula a microbiota capilar, que tende a estar desregulada após o tratamento quimioterápico. Esse ingrediente nobre está presente em todas as nossas fórmulas de shampoo, que aliás, também é totalmente livre de sulfatos, parabenos e ftalatos.

Além do Prelliance, podemos citar:

  • Extrato de acerola: auxilia no crescimento dos fios;
  • Aloe vera: possui ação antiqueda;
  • Ginseng brasileiro: ação tonificante e estimulador celular;
  • Proteína de trigo: auxilia na reestruturação da fibra capilar.

Aproveite e conheça todos os nossos ingredientes naturais.

Como tudo que envolve o câncer, a fase de adaptação com os novos fios também não é fácil, mas é o momento de renascimento, de batalha vencida! Dê tempo ao tempo, cuide de você e do seu cabelo, pratique o autocuidado também de dentro para fora.

Achamos essa nova ótica do autocuidado de quem passou pelo câncer tão linda que até a batizamos de pink beauty, um novo jeito de olhar para a saúde e beleza, adotando hábitos mais naturais. Aproveita e confere nosso conteúdo sobre o assunto.

Queda de cabelo no tratamento do câncer: por que acontece e como lidar

Queda de cabelo no tratamento do câncer: por que acontece e como lidar

Comentários

Os comentários são moderados

Empty content. Please select article to preview

Personalize seu Tratamento