index

Faça o Teste e
Descubra o Kit Ideal
para Você

Aprenda como cuidar de cabelos crespos sem ter trabalho

Aprenda como cuidar de cabelos crespos sem ter trabalho

Ainda hoje, há muitas dúvidas de como cuidar de cabelos crespos, principalmente sobre como fazer isso de uma maneira simples e prática. Afinal, assumir os cabelos naturais é um ato incrível e essa revolução vem ganhando cada vez mais força.

No entanto, é fato que manter os fios naturais lindos e saudáveis não é uma tarefa fácil. Por causa disso, muitas pessoas ainda preferem alisar os fios ou usar alguns produtos químicos de remodelagem. Sim, a vida real não é tão fácil né? Entretanto, esses mesmos produtos, que parecem resolver a questão, acabam comprometendo toda a estrutura dos fios, resultando em um cabelo sem brilho, com queda e – em geral – difícil de ser mantido bonito naturalmente.

Pensando nisso, separamos algumas dicas valiosas para que seus cabelos fiquem livres, leves e soltos. Tudo isso sem que você tenha muito trabalho! Vamos descobrir como cuidar de cabelos crespos?

Entenda a curvatura do seu fio

Antes de falarmos o que você pode fazer, é importante que você saiba identificar a textura dos seus fios. Enquanto os cabelos lisos, ondulados e cacheados se encaixam nas categorias 1,2 e 3, os crespos entram na 4ª curvatura, tendo seus tipos de cachos classificados entre 4A, 4B e 4C - dos mais soltos aos mais fechados. 

As principais características dos cabelos crespos têm relação com seu formato, que tende a ser mais fechado e em forma de espiral ou zigue-zague. São fios superfinos e bastante ressecados, o que exige muita atenção. Que tal descobrir qual o seu?

4A: apesar de pouco definidos em comparação com os cabelos cacheados, são os mais definidos dos cabelos crespos, pois possuem cachos - apesar de pequenos - visíveis. Geralmente são mais secos nas pontas e ganham volume com facilidade, mesmo sendo bem sensíveis. O diâmetro de seus cachos é igual ao de uma agulha de crochê e, quando esticados, lembram a letra “s”. Suas cutículas são bem finas, o que os deixa mais expostos aos danos de agentes externos, como o calor.

4B: seus cachos são menos definidos que o tipo anterior e tender a ser quase invisíveis quando o cabelo está seco. São fios muito finos, quebrando facilmente. Uma característica é que ele encolhe muito depois de seco e, quanto ao seu formato, normalmente são comparados com a letra “z”.

4C: nesse tipo de crespo, é quase impossível perceber a definição dos cachos. Seus fios são ainda mais finos, o que os torna ainda mais propensos a quebrar. Sua identificação é feita pelos fios ficarem bem juntinhos e volumosos, crescendo para cima. Possuem cutículas ainda mais finas e, consequentemente, pouca proteção natural.

Tipos de fios crespos

Mas atenção, essa rotulação não é exata e nem abrange todos os cabelos crespos existentes, já que alguns são uma mistura de dois ou mais tipos de cabelo. Entretanto, essa divisão serve para facilitar a identificação dos fios para os cuidados necessários.

Principais problemas e desafios do fio crespo

Entre os principais desafios dos fios crespos estão a fragilidade e o ressecamento causado pela curvatura dos fios, que impede que a oleosidade natural produzida no couro cabeludo chegue até seu comprimento e pontas.

A dificuldade para finalizá-los também é um problema comum para os cabelos crespos. Afinal, como eles não possuem muito formato ou definição, é comum que as pessoas não saibam quais os melhores produtos, como finalizar ou como cuidar de cabelos crespos corretamente.

O fator de encolhimento é um dos maiores desafios para as crespas. Isso porque, quando as mechas estão esticadas, elas ficam bem maiores do que naturalmente. O encolhimento é uma característica natural do formato dos fios crespos que faz com que eles aparentem ser menores do que realmente são, além de dar a impressão de que eles demoram mais para crescer.

frizz também é um grande problema - e natural - dos cabelos crespos. Mas não precisamos tratar ele como um inimigo sempre, ok? Afinal, ele também é o responsável por ajudar na forma e no volume dos fios.

Como cuidar de cabelos crespos

Agora que você já identificou qual a curvatura do seu cacho, fica mais fácil entender como cuidar de cabelos crespos! Isso é de fato importante porque você vai precisar de cuidados específicos para o seu tipo. Isso quer dizer que você vai precisar pensar em produtos especiais e - principalmente - livres de químicas pesadas. Pronta(o) para conferir nossas dicas?

Aposte em técnicas e produtos de lavagem não-agressiva

Lavar o cabelo é um momento sagrado, não é? Porém, nem sempre o shampoo que usamos faz bem aos nossos fios.

O motivo é simples: o sulfato, os derivados de petróleo e os parabenos presentes nos produtos tradicionais usados para a limpeza podem causar perda da oleosidade natural dos cabelos e, consequentemente, seu ressecamento, o que já é um problema recorrente dos fios crespos.

Para que isso não aconteça, existem técnicas e produtos de lavagem não-agressiva, como o low poo e o no poo, ideais para manter os cabelos crespos e cacheados mais hidratados e com vida.

Hidrate regularmente

Como dissemos, os cabelos crespos são mais secos naturalmente e, por isso, necessitam de ainda mais hidratação que os outros tipos. Afinal, precisamos devolver a eles tudo o que perderam durante o dia.

Porém, é muito importante se atentar e buscar sempre usar máscaras hidratantes específicas para o seu tipo de cabelo, ricas em ativos nutritivos e reparadores. Assim, os resultados serão ainda mais rápidos e duradouros.

Aposte no poder dos óleos vegetais para umectação

Uma das melhores dicas de como cuidar de cabelos crespos é a umectação. Isso porque os óleos vegetais utilizados são essenciais para a saúde dos fios, que já sofrem com a falta de sua oleosidade natural.

As umectações podem ser feitas de diferentes formas, cada uma com uma finalidade específica. Aliás, temos um conteúdo incrível sobre isso aqui no blog. Que tal conferir tudo sobre umectação capilar? Você vai adorar.

Corte com frequência

As pontas secas dos cabelos crespos acabam atrapalhando na hora de desembaraçar e isso aumenta o risco dos fios quebrarem mais facilmente.

Assim, a melhor forma de lidar com essa situação é aparar as pontas do cabelo regularmente, facilitando na hora de penteá-lo.

Ah… E não é porque você vai cortar com frequência que precisa optar por cortes básicos, ok? Existem vários estilos de cortes curtos para cabelos crespos. Você pode usar e abusar da sua personalidade!

Apostem em técnicas de finalização e texturização

Quem possui cabelos crespos está sempre em busca de maneiras para valorizá-lo, seja usando mais definido e com menos volume ou com cachos mais frisados e muito volume.

No entanto, é importante apostar e conhecer as diferentes formas de finalizar os fios crespos para dar a eles o efeito que você mais gosta. As técnicas de finalização podem envolver processos mais demorados, como a fitagem, ou arrumações no próprio banho. Aliás, uma boa finalização contribui, inclusive, para o próprio day after! Sabia disso?

Entendemos, também, que uma das maiores questões da transição capilar é lidar com as duas texturas dos fios, o que é ainda mais difícil de disfarçar nos cabelos crespos. Para lidar com isso, você pode optar por texturizações durante a finalização, pois elas mesclam a textura da raiz com a do comprimento do cabelo de forma natural.

Use fronha ou touca de cetim

Pois é… As fronhas de algodão são grandes causadoras do frizz nos cabelos crespos.

Isso acontece porque o atrito entre os fios e as fronhas desse material deixam os cabelos “mais arrepiados”. Para evitá-los, tente apostar em fronhas de cetim que, além de auxiliar para que os cachos não se amassem durante a noite, ainda evitam que eles se desmanchem.

Caso não se adapte a elas, ou não encontre, você pode optar por usar uma touca de cetim para dormir, ela também trará o mesmo resultado.

Aposte nas misturinhas e no borrifador

Quando o assunto é como cuidar de cabelos crespos, o borrifador pode ser um grande aliado. Geralmente, ele é usado no day after para revitalizar os cachos ou como recipiente para facilitar a aplicação de produtos líquidos.

Porém, com algumas misturinhas, você pode trazer várias funções para o seu borrifador. Pois é, elas podem ser desde misturas para pontas secas, cabelos fragilizados ou para o day after mesmo. O melhor é que essas receitinhas podem ser feitas misturando água filtrada e produtos que você já usa no hair care, como leave-Ins, cremes para pentear, óleos vegetais, etc - super fácil, né?

Para aproveitar melhor os efeitos dos borrifadores nos fios crespos e, consequentemente, potencializar suas misturas, é importante sempre usar água filtrada nas receitas, pois isso evitará que resíduos metálicos e impurezas entrem em contato com os cabelos.

Use pente garfo para dar mais volume

O pente garfo é uma das soluções preferidas para quem não vê a hora dos cabelos terem o tão sonhado volumão.

Esse tipo de pente não foi feito para desembaraçar os fios - como os pentes de dentes largos -, mas sim para trazer mais volume desde a raiz dos cabelos, desgrudando os cachos e amenizando o fator de encolhimento.

O pente garfo pode ser usado tanto ao secar o cabelo com o secador, como também no day after. Nas duas situações, o resultado será de bastante volume.

Siga um cronograma capilar 

Todo cabelo precisa de cuidados, como a hidratação, nutrição e reconstrução. Isso porque, ao longo do tempo, nossos fios são maltratados com o uso de secadores, chapinhas e produtos químicos. Se você sente que seu cabelo se encaixa nessa descrição, é importante que você siga um cronograma capilar. Afinal, é ele quem vai recuperar a saúde do seu fio!

E não pense que estamos falando de algo difícil! O cronograma nada mais é do que uma espécie de “agenda”, na qual você se baseia para usar produtos quem hidratam, nutrem e reconstroem seus fios – de acordo com a maior necessidade deles. Esse cuidado deve ser feito três vezes por semana, durante quatro semanas seguidas. Lembrando que você precisa de pelo menos uma hora, para lavar e deixar os produtos agirem com tranquilidade. 

Seguindo esse cronograma (e sabendo do que o seu cabelo mais precisa!), você terá um cabelo crespo saudável, com brilho e livre do tão temido frizz. E, dessa maneira, o cuidado diário ficará ainda mais simples, pois você manterá seus cabelos sempre hidratados e livres de procedimentos prejudicais.

Não compare seu cabelo com os demais

“Comparação é ladrão de felicidade”. Você já deve ter ouvido essa frase ou lido em algum post de redes sociais. E quando falamos de cabelos essa frase cai como uma luva! 

Cada fio tem uma textura e um formato diferente. Por isso, é importante que você não você se prenda ao modelo de cabelo de outras pessoas. 

Você pode até encontrar uma textura semelhante, mas não existem regras. Lembre-se: é preciso entender como é o seu fio e aprender a lidar com o seu cabelo, do jeito que ele é. 

Aposte em produtos específicos

Para manter os fios sempre lindos, prefira shampoos, condicionadores e máscaras de tratamento que sejam adequados aos seus cabelos. 

De nada adianta usar o produto indicado por uma amiga se ele não for compatível com o seu cabelo. Invista em cosméticos capilares personalizados e produtos que são feitos exclusivamente para o seu tipo de fio e a ingredientes que atendam às suas necessidades. Isso faz toda a diferença no resultado!

Use e abuse dos acessórios 

Nem todos os dias a gente tem tempo de deixar os fios soltos. Por esse motivo, é bom sempre recorrer aos acessórios que valorizam o nosso crespo de cada dia, como bandanas, faixas e turbantes. 

Além de trazer autenticidade para o visual e exaltar a sua personalidade, o acessório também ajuda a improvisar nos dias em que você está com muita pressa para finalizar os cachos. Sem contar que você sai da rotina diária dos fios sempre soltos.

O que não devemos fazer

Além de te mostrar como cuidar de cabelos crespos, também queremos te ensinar o que não se pode fazer com esse tipo de fio. Entenda quais hábitos podem acabar prejudicando a saúde dos fios, deixando-os mais quebradiços, ressecados e com cachos menos definidos.

Lavar com água quente

Mesmo em dias mais frios, é importante evitar o uso de água quente nos cabelos crespos, ok?

Isso porque ela danifica os fios, ressecando-os. Afinal, a cutícula do cabelo crespo é muito sensível, então qualquer temperatura muito alta acaba resultando na desidratação natural da raiz.

Desembaraçar seco

Desembaraçar os fios crespos secos é outro erro que não deve ser cometido, pois isso os deixa com aspecto arrepiado e ainda pode aumentar suas chances de quebra.

Por isso, desembarace seu cabelo durante o banho, com a ajuda do condicionador - sempre de baixo para cima, ou seja, das pontas para a raiz.

Mas caso precise desembaraçar seus fios fora do banho, uma dica bacana é usar um borrifador com água e um pouco de creme de pentear para umedecer os fios e só depois desembaraçá-los com uma escova especial para cabelos crespos, como por exemplo, a escova polvo.

Secar esfregando a toalha

Se você costuma secar o cabelo “esfregando”, ou apertando os fios com a ajuda de uma toalha, pode parar agora!

Esse hábito pode causar diversos prejuízos aos cabelos crespos, que vão desde o aumento do frizz até a perda da hidratação natural. Isso porque secar o cabelo com a toalha acaba causando abrasão nos fios e, com o passar do tempo, eles podem se tornar secos e quebradiços.

Por isso, busque usar toalhas de algodão - ou até uma camiseta velha deste tecido - para retirar o excesso de água depois da lavagem, pressionando-a contra os fios delicadamente. Você, com certeza, perceberá a diminuição do frizz com esse novo hábito, pode apostar!

Abusar do secador ou modeladores térmicos

Os secadores e difusores podem ser ótimos aliados, mas é importante sempre aplicar um protetor térmico nos fios crespos antes do uso dessas ferramentas, pois isso protegerá o cabelo do calor excessivo e evitará a porosidade e o ressecamento.

O que realmente importa

Pronto! Agora te contamos mais sobre como cuidar de cabelos crespos. Mas… Sabe o que é o mais importante? Isso mesmo! Que você goste do que está vendo no espelho e se sinta bem na própria pele, ou seja, com o seu cabelo da forma que desejar.

Afinal, assumir um cabelo crespo é assumir a sua própria identidade! Por isso, ame a você mesma(o) e aos seus fios na mesma intensidade, combinado?

Pensando nisso, que tal cuidar ainda melhor dos seus cabelos? Faça sua fórmula personalizada para o seu cabelo crespo e dê a ele o melhor tratamento!

×
chatsimple