Alimentos para o cabelo

Compartilhar
Alimentos para o cabelo

Antes que nos venha em mente a ideia de fazer uma máscara de hidratação com abacate, vamos logo esclarecendo: alimentos para o cabelo não são apenas aqueles que podemos usar em etapas de um cronograma capilar, ou seja, aplicando nos fios. Eles são, principalmente, aqueles que comemos e que faz nossos cabelos ficarem saudáveis de verdade. 

Afinal, já está mais do que provado que a alimentação interfere diretamente na beleza da pele. Por que com o cabelo seria diferente? Buscamos os alimentos mais ricos para você ser saudável dos pés à cabeça, quer ver?

Água

Tudo bem, não é um alimento, mas – assim como para o restante todo do seu corpo, é fundamental para levar nutrientes até o bulbo capilar. Inclusive, estudo publicado na revista Dermatology Clinic mostrou que o consumo diário de um filé de carne médio (fonte de proteína) e dois copos de água previne o ressecamento dos fios e a abertura das cutículas. Agora sim, vamos aos alimentos… 

Os melhores alimentos para o seu cabelo 

Salmão – é dono de proteína de altíssima qualidade! É excelente para proteger o couro cabeludo da incidência de raios ultravioleta e no combate a possíveis inflamações. Isso graças à boa quantidade de ácido graxo ômega 3 e selênio. Juntos, estes também melhoram a circulação e a chegada de nutrientes ao bulbo capilar. Carne vermelha e frango também são boas opções de proteína magra. Coma um filé médio pelo menos três vezes por semana. 

Espinafre – rico em ferro, mineral que nutre os folículos capilares. Por isso, quem sofre com a falta de ferro costuma experimentar a perda de brilho, o ressecamento e a queda capilar. O espinafre ainda é rico em clorofila, que ajuda a equilibrar a oleosidade, fortalecer a raiz e normalizar o ciclo de crescimento dos fios. No entanto, para ter o efeito desejado, é preciso comer um prato de sobremesa por dia.

Soja – ótima fonte de proteína, nutriente que compõe 97% do cabelo. A conta é simples: se não há proteína suficiente, o organismo não consegue produzir novos fios para substituir os que caem. Pode haver também alteração do pigmento e da textura das mechas, que ficam opacas, secas, fracas. Quantidade para obter os benefícios: 3 colheres de sopa por dia.

Cenoura – o betacaroteno dela é um antioxidante que combate a ação dos radicais livres, evitando a queda dos fios e a perda de pigmentos que deixam o cabelo grisalho. A cenoura também tem a vitamina A, que nutre as células do couro cabeludo. É ela que equilibra a produção da oleosidade natural do fio. Ingerir uma unidade por dia é suficiente.

Para o café da manhã ou lanchinho

Tigela com alimentos para o cabelo

Aveia – possui vitaminas do complexo B, zinco e silício, mineral capaz de estruturar a queratina, proteína essencial para dar forma ao cabelo. É uma maravilha mesmo! Ideal ingerir uma colher de sopa diariamente.

Iogurte magro – possui aminoácidos que fortalecem a fibra capilar e vitaminas do complexo B que trabalham em favor do depósito de queratina no fio. Resultado: fios mais encorpados e resistentes. Tomar um copo de 200 ml por dia está ótimo.

kefir – é um probiótico rico em bactérias boas que ajudam a regular a flora intestinal, existindo duas versões; kefir de leite e kefir de água. Os benefícios  são inúmeros, e para começar a consumir kefir é ótimo aprender a manipulá-lo de maneira correta, fazendo por exemplo um curso de produção de kefir. Mas  você deve estar se perguntando “como o kefir pode ajudar meu cabelo?”. Pois é, ele ajuda muito porque é rico em vitaminas e mineiras que trazem um grande impacto na nossa saúde inclusive na saúde do cabelo, prevenindo por exemplo caspa e combatendo a queda. Ideal consumir diariamente.

Frutas

Morango – oferece flavonoides e vitamina C, e ambas ativam a microcirculação sanguínea no couro cabeludo, ajudando os fios a crescerem mais rápido e mais fortes: uma xícara de chá por dia é suficiente.

Castanha-do-pará – fruta seca que oferece zinco e, como já falamos acima, a carência deste nutriente deixa o cabelo fino, quebradiço e sem brilho. Por outro lado, se você ingerir a dose necessária desse mineral estará garantindo o crescimento e o desenvolvimento capilar. Outro benefício é reduzir a oleosidade excessiva e prevenir a descamação no couro cabeludo. Então, que tal comer uma ou duas por dia?

E os alimentos que não podem?

Ah, e claro, não adianta pensar só no que comer, mas também no que não comer. Entre os maiores vilões do cabelo bonito e saudável estão: carboidrato refinado (massa e pão branco), açúcar e álcool. Isso porque eles elevam os níveis de insulina no sangue, desequilibrando alguns hormônios, e impactando negativamente sobre os folículos capilares. 

Que tal agora repensar a dieta pensando na sua saúde e na do seu cabelo?

Queda de cabelo e alimentação: dicas para colocar em prática na dieta!

Queda de cabelo e alimentação: dicas para colocar em prática na dieta!

O que é hidratação capilar e porque ela é importante?

O que é hidratação capilar e porque ela é importante?

Empty content. Please select article to preview

Personalize seu Tratamento